Um depósito imaginário dos meus pensamentos, ideias e alucinações.

16
Set 08

 

Estou de volta como as minhas ideias pobres e desprovidas de qualquer sentido e validade para toda e qualquer pessoa, mas como gosto de escrever não me importo, escrevo mesmo sabendo que ninguém vai ler e dar crédito aquilo que escrevo.
 
As minhas Crónicas de uma Viagem Anunciada chegaram ao fim porque chegou ao fim, igualmente, a minha experiência de Erasmus. Mas agora que penso bem talvez não tenha chegado ao fim definitivamente. Tenho mantido contacto com os amigos que lá fiz, tenho recebido visitas de alguns deles e ainda vamos encontrar-nos todos em Novembro em Bristol (Inglaterra) e na passagem do ano em Berlim (Alemanha). Mais uma vez, sinto que Erasmus transforma-nos em “cidadãos do mundo”.
 
Bem, mas basicamente o que se passou na minha vida nos últimos tempos foi ter estado os meses de Julho e Agosto a trabalhar num infantário e ATL, curiosamente os mesmos que frequentei na minha infância, em Carcavelos. Trabalhar com pessoas que ajudaram a formar a minha personalidade quando era criança, agora estar do lado de lá, também eu a ajudar na educação de outros rebentos foi muitíssimo recompensador, adorei mesmo. Tenho pena que agora com o novo trabalho não me sobre muito tempo para ir visitá-los e passar mais umas horas sem pensar em mais nada, só a sorrir perdida no meio deles. Isto também valeu a pena porque sempre ganhei algum dinheiro para agora poder fazer estas viagens de que falei.
 
 
Portanto, férias só mesmo uma semana em que andei pelo Norte (Gerês, Braga e Porto) e fins-de-semana (um no Alentejo, outro no Algarve e outro em Sesimbra). Entretanto, na minha última semana de trabalho no ATL comecei a mandar alguns currículos com vista a conseguir um estágio em Jornalismo. O resulto foi mais do que positivo (muito mais do que as minhas perspectivas negras pintavam) e consegui um estágio na Companhia de Ideias, uma produtora de conteúdos, onde estou a trabalhar como jornalista estagiária num programa de economia que estreia em breve na RTPN.
 
Economia não é o meu forte, de jornalista tenho muito pouco, mas a coisa até está a correr bem, estou a gostar imenso e a aprender ainda mais. Os horários de trabalho são flexíveis e extensíveis (nomeadamente por noites a dentro), as ajudas de custo são as mesmas de sempre, mas sinto que tudo isto é superado pelo facto de estar a fazer mesmo aquilo que gosto, a trabalhar com uma equipa formidável e cheia de gente disposta a dar-me enormíssimas injecções de conhecimento. Sou grata por isso.
 
Que mais posso eu dizer da minha vidinha singela, pouco, muito pouco mais do que isto. Posso dizer-vos que vejam o filme Restless que fui ver este fim-de-semana, inserido no Festival de Cinema Israelita (e vá lá não sejam tendenciosos e vejam… Eu também sou a favor da causa palestiniana, mas isso não me impediu de ir ver o filme que, no fim das contas, quebra até algumas visões preconceituosas sobre a questão israelo-palestiniana). O actor principal faz um mega papelão e não é à toa que o filme ganhou o prémio de melhor argumento no Festival de Berlim.
 
Posso dizer-vos, também, que aconselho vivamente quem puder a ir ver a Exposição da Maria Callas ao Museu da Electricidade. Não é nada de estonteante, mas como gratuita que é vale a pena. Tem uma vasta colecção de objectos pessoais, decorativos e de vestuário da cantora, recortes de imprensa, correspondência e registos fotográficos antiquíssimos, bem como um filme interessante sobre a vida dela. Guardei na minha memória este pensamento que imortalizou: “Só devemos fazer tragédia no palco”…Para bom entendedor meia palavra basta!
 
Bem, são 00h38 e eu ainda estou na Avenida António Augusto Aguiar a ouvir Simon and Garfunkel e a escrever, não pode ser, tenho que sair deste escritório e ir para casa porque amanhã o dia é longo: o primeiro dia em que vamos ensaiar o programa para os estúdios da RTP, I can’t wait!
 
Até à próxima!
publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 00:53

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
19
20

21
23
24
26
27

28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO