Um depósito imaginário dos meus pensamentos, ideias e alucinações.

30
Jan 11

A coisa mais doce de sempre

 

 

 

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 00:56

12
Jan 11

Perfeito. Genial. Inteligente. Original. Sublime.

Krzysztof Kiéslowski é, sem dúvida, um dos meus realizadores preferidos....

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 11:00

09
Jan 11

Este livro é a coisa mais forte e especial que li nos últimos tempos: uma lição de vida, de amor, de amizade... Um retrato cru do ser humano com aquilo que tem de melhor e de pior. Nunca o Carpe Diem fez tanto sentido. Mais do que um cliché isto é algo que vai ganhando forma e sentido no meu dia-a-dia. Diariamente dou-me conta de que isto é tudo bastante efémero...

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 15:06

03
Jan 11

Um ano novo acaba por não ter muito de novo, mas pode sempre ser um momento para pensar no que ficou para trás e seguir adiante repensando objectivos e metas a atingir. Espero que 2011  seja um ano cheio de histórias para contar... minhas e vossas!

 

 

 

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 11:53

06
Dez 10

"Dónde está el amigo que busco por todas las partes

Al hacerse de día mi ansia también crece.

Cuando el día se acaba aún no lo he encontrado.

Aunque el corazón me queme, veo sus huellas...

Veo sus huellas en toda la fuerza que se revela

En el aroma de una flor y en una espiga que se inclina.

En el suspiro que exhalo, en el aire que respiro está el amor.

Oigo su voz en la brisa del verano..."

Photobucket

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 01:34

21
Nov 10

Ontem em Santiago houve noite de música em nome dos bons velhos tempos em que com guitarras, percursão, saxofones, acordeões e vozes afinadas (ou não) nos uníamos através da força desta energia que não se descreve, apenas se sente! Que saudade daqueles que já não estão e com os quais não partilhámos estas notas musicais... Que nostalgia!

 

 

 

 

 

 

 

 

Magic ♥

 

 

 

 

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 11:13

17
Nov 10

«Onde»

Onde os olhos se fecham; onde o tempo

Faz ressoar o búzio do silêncio;

Onde o claro desmaio se dissolve

No aroma dos nardos e do sexo;

Onde os membros são laços e as bocas

Não respiram, arquejam violentas;

Onde os dedos retraçam novas órbitas

Pelo espaço dos corpos e dos astros;

Onde a breve agonia; onde na pele

Se confunde o suor; onde o amor.

 

«É tão fundo o silêncio»

É tão fundo o silêncio entre as estrelas.

Nem o som da palavra se propaga,

Nem o canto das aves milagrosas.

Mas lá, entre as estrelas, onde somos

Um astro recriado, é que se ouve

O íntimo rumor que abre as rosas

 

JOSÉ SARAMAGO

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 21:41

13
Nov 10

What a movie!


 

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 12:24

06
Nov 10

Estou cada vez mais apaixonada pelo Universo do cinema de animação e isto deve-se obviamente ao estágio Leonardo da Vinci que estou a fazer na empresa Artefacto Producciones. Para quem tiver curiosidade estas são algumas das coisas que fazemos!

 

 

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 12:27

22
Out 10

 

publicado por ritanopaisdasmaravilhas às 18:39

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO